Tesla tem queda nos lucros e ainda ganha mais que muitos rivais

Início / Elétricos e Híbridos / Tesla tem queda nos lucros e ainda ganha mais que muitos rivais

A empresa liderada por Elon Musk teve receitas recorde em 2023, embora lucros menores.

Os Resultados financeiros da Tesla em 2023 tiveram luzes e sombras. Os números são bons, mas com nuances. E essas nuances fizeram com que as ações da Tesla caíssem mais de 12% na bolsa. Wall Street não gostou que a Tesla tenha diminuído suas margens de lucro em cada carro ou que o lucro por ação (EPS) tenha caído quase 25%. Por isso, vale analisar com atenção os números da Tesla, que, embora não sejam tão brilhantes, teve rendimento recorde e, até hoje, continua faturando muito mais que seus rivais.

No ano passado, a Tesla vendeu 1.808.581 automóveis, dos quais cerca de 1,23 milhões corresponderam ao Modelo Y. Uma figura surpreendente que fez com que este modelo se tornasse o carro mais vendido do mundo, incluindo todos os tipos de fontes de energia. Foi a primeira vez que um carro elétrico conquistou tal honra, superando o Toyota RAV4.

Já falamos sobre as vendas da Tesla, então agora é hora de falar sobre dinheiro. Quanto a Tesla ganhou em 2023? Qual foi a sua margem de lucro?

Receitas recordes, embora lucros líquidos menores

Vendas recordes levaram a receitas recordes: Tesla entrou com 96.773 milhões de dólares em 2023, 19% a mais que no ano passado.

Tesla Modelo Y

Somente no último trimestre do ano a empresa que dirige Elon Musk teve uma receita de 25.167 milhões de dólares, um valor recorde, mas apenas 3% superior ao mesmo trimestre do ano anterior.

A empresa tinha um lucro líquido de 17,76 bilhões de dólares, 15% menos do que em 2022. Apesar de vender mais carros do que nunca, a Tesla ganhou menos dinheiro como resultado da redução de preços que realizou nos seus veículos e que virou o mercado automóvel de cabeça para baixo.

Leia também:

Para continuar a ter produtos a preços competitivos, muitas marcas seguiram os passos da Tesla e também baixaram os preços dos seus Veículos elétricos.

Esta guerra de preços também afetou a margem de lucro de cada carro vendido. A margem de lucro ajustada da Tesla situou-se em 17,2% em 2023, acima dos 23,6% em 2022. Por seu lado, A margem operacional situou-se em 9,2%, uma diminuição significativa em comparação com 16,8% no ano anterior.

Apesar deste declínio notável nos lucros por carro vendido, A margem de lucro da Tesla continua entre as melhores do setor e superior a quase todos os seus principais rivais.

Com base nos dados do ano passado, nenhuma marca premium alemã atingiu essas margens. A queda na margem operacional da Tesla em 2023 pode virar o jogo, já que ao longo do ano, a margem operacional da BMW e da Mercedes-Benz tem evoluído na casa dos dois dígitos a cada trimestre.

Carros não são seu único negócio, longe disso

Tesla Megapack

Além dos automóveis, os tentáculos da Tesla estendem-se a outros negócios, principalmente relacionados com a energia. Dos 96.773 milhões de dólares de receitas, 82.419 milhões corresponderam ao negócio automóvel. O “Geração e armazenamento de energia” rendeu-lhe 6.035 milhões de dólares de receitas e para “serviços e outras receitas” obteve 8.319 milhões de dólares.

O ano passado Tesla instalou 14,7 GWh de capacidade energética (baterias estacionárias), mais que o dobro em 2022. Os lucros do negócio de “Geração e Armazenamento de Energia” quase quadruplicaram em 2023.

Relativamente aos “Serviços e outros rendimentos”, que incluem rendimentos de peças, vendas de carros usados ​​e recarga em Superchargers a Tesla passou de perder quase US$ 500 milhões em 2019 para obter lucros de mais de US$ 500 milhões em 2023.

Tecnológico Online

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.