Uma bicicleta elétrica com 110 quilômetros de autonomia desenvolvida por ex-engenheiro da Harley-Davidson

Início / Elétricos e Híbridos / Uma bicicleta elétrica com 110 quilômetros de autonomia desenvolvida por ex-engenheiro da Harley-Davidson

A bicicleta elétrica do ex-engenheiro da Harley Davidson tem grande autonomia.

Atualmente, o principal obstáculo associado à bicicleta elétrica é a autonomia. No entanto, este aspecto não tem sido um problema para Erik Buell, ex-engenheiro da Harley-Davidson, que conseguiu um protótipo capaz de estender o ciclo de quilometragem em até 110 quilômetros para cada carga completo. O modelo Dobrável, que é o nome desta bicicleta, vem carregado de importantes inovações que visam melhorar os benefícios de um meio de transporte que será diferencial no nível urbano.

Erik era um renomado engenheiro da Harley-Davidson, tendo alcançado ocupar cargos de alto nível na empresa de 1993 a 2009. Introduziu mudanças importantes na linha da marca, como a introdução do alumínio na moldura com o objetivo de reduzir o peso das motocicletas. Agora, o salto para a bicicleta permitiu-lhe introduzir neste setor algumas qualidades que aplicou às motocicletas durante o seu percurso na firma de Milwaukee.

Estas são as chaves que explicam o potencial sucesso da nova bicicleta elétrica Folld

A primeira característica que merece a nossa atenção é o seu sistema de dobragem, que permite enquadrar este modelo no segmento dos modelos urbanos. Com um sistema que nos permite reduzir ao máximo o espaço que ocupa, estamos perante uma bicicleta eléctrica que tem um equipamento destinado, também, a circular em trilhos. A melhor prova disso é o conjunto de pneus com botões que tem uma novidade interessante que dá um toque mais agressivo a todo o meio de transporte.

Continuando com a sua mecânica eléctrica, é um modelo já homologado para circulaçãoa, desde seu motor elétrico tem potência limitada a 250 W e a assistência de pedalada só é oferecida até 25 km/h. Na área da dinâmica, o equipamento é completado por a adição de um sistema de mudança Shimano Altus de 8 velocidades. É uma combinação que permite a este modelo ser uma referência no segmento de bicicletas elétricas dobráveis.

A bicicleta elétrica dobrável Folld tem um conjunto de novidades muito interessantes.

Em relação à autonomia, chama especial atenção sua capacidade de viajar até 110 quilômetros com cada ciclo completo de carregamento. Isso se deve ao incrível conjunto de baterias que possui, cuja principal limitação é o peso que agrega a toda a bicicleta. Sobre a escala assina um total de 37,5 quilos, tornando-se um dos mais pesados ​​em relação à concorrência. Isso significa que carregá-lo manualmente pode causar alguns problemas. 

Leia também: 

FUELL FOLLD, que é o do modelo, tem todos os detalhes que explicam e, sobretudo, legitimam o preço pedido por cada unidade.

Já pensou em ter uma Bike Elétrica? Será que vale a pena importa-la para poder quem sabe viajar pelo Brasil. O problema hoje é realmente que as importações estão tendo altas taxas. Busque maiores informações para não pagar duas vezes o mesmo produto.

Roberto Magalhães

O cérebro editor por trás do Tecnologico.online, é um entusiasta apaixonado por tecnologia. Canaliza sua fascinação para criar conteúdo envolvente e informativo. Sua dedicação à inovação reflete-se nos artigos que produz, abrangendo uma ampla gama de tópicos tecnológicos. Com um olhar atento para as últimas tendências e desenvolvimentos, busca tornar...

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.